Como consultar se seu nome está sujo?

3 minutos para ler

Os números surpreendem: são mais de 62 milhões de brasileiros com o nome negativado, de acordo com uma reportagem da EBC. Diante dessa informação, é natural que muitas pessoas procurem “consultar nome sujo” na internet para saber se também fazem parte dessa lista.

O problema é que nem sempre elas sabem quais são os sites adequados para fazer esse tipo de pesquisa. Para ajudar, neste post, daremos algumas dicas, ok? Boa leitura!

Como “consultar nome sujo” no site da Receita?

É possível consultar informações relacionadas ao seu CPF no site da Receita, contudo, todas as informações estarão relacionadas à regularidade do documento.

Se o seu CPF estiver em “situação irregular”, isso não significa que você esteja inadimplente com alguma loja, e sim que tem pendências com o Leão, provavelmente, relacionadas com o seu Imposto de Renda (IR). Nesse caso, pode ser necessário procurar um contador.

Permanecer em situação irregular pode fazer com que o contribuinte tenha o seu CPF cancelado, prejudicando o seu dia a dia enquanto consumidor, além do seu acessos aos serviços bancários.

Posso consultar no site da Serasa?

A Serasa é uma das empresas que realiza a inclusão do nome de inadimplentes em uma lista, a pedido de marcas que desejam avaliar o risco de um freguês não cumprir com seu compromisso.

É possível se cadastrar no site dessa empresa e verificar se o seu nome está sujo. Contudo, lembre-se de que ela não é a única que oferece esse tipo de consultoria.

Posso consultar e negociar a dívida?

Algumas plataformas, como nós, da Acordo Certo, permitem que o indivíduo verifique se ele está inadimplente com alguma empresa, dando-lhe a oportunidade de negociar esse débito, muita vezes antes de ter o seu nome negativado.

Usar a nossa plataforma de negociação de dívidas tem sido a escolha de muitos brasileiros, devido à praticidade, segurança com informações fornecidas e a possibilidade de iniciar o pagamento de forma rápida — com até 90% de desconto.

Existe um mito que diz que “uma dívida caduca depois de alguns anos”. Essa informação não está correta, como mostramos em um dos nossos artigos. O ideal é que o consumidor use a tecnologia para acompanhar as novidades relacionadas aos seus pagamentos, evitando surpresas e obtendo descontos no pagamento de multas e juros.

Muita gente não sabe que pode propor uma negociação para as empresas credoras, ficando sem saída diante uma proposta de pagamento não tão vantajosa. Com o suporte adequado. o consumidor consegue limpar o seu nome de uma maneira rápida e bem mais barata para o seu bolso.

Como vimos, não basta digitar “consultar nome sujo” no Google, uma vez que digitar suas informações em sites desconhecidos pode não trazer o que você desejava. Sendo assim, opte por usar ferramentas digitais criadas para solucionar essas dúvidas, como é o caso da Acordo Certo.

Gostou do post? Se você quiser receber os melhores conteúdos produzidos pela nossa equipe, assine nossa newsletter (é de graça!).

Posts relacionados