Vale a pena juntar dinheiro para quitar dívidas?

Vale a pena juntar dinheiro para quitar dívidas?

Acordo Certo

janeiro 23, 2020

4

minutos para ler

Muita gente pensa que juntar dinheiro para quitar dívidas de uma vez vale mais a pena do que renegociar, mas será que, ao fazer todas as contas, isso é verdade? Embora a ideia de pagar tudo de uma vez seja muito atraente, adiantamos: nem sempre é a melhor opção para o seu bolso, e a matemática pode provar isso.

Mas calma, não precisa ser nenhum expert em finanças para conseguir fazer essa consideração. Uma vez que você tem os valores, é possível, de maneira descomplicada, colocar tudo na ponta do lápis e descobrir o que compensa mais para você. Quer saber como? Veja neste post!

Saiba o que é preciso considerar

Dívidas como cartão de crédito e cheque especial, principalmente, têm uma taxa de juros bastante alta. Assim, a renegociação é a melhor opção para fazer os valores pararem de se acumular. A partir daí, você começa a se aproximar da sua organização financeira, pois tem previsibilidade, ou seja, sabe quanto vai pagar, quais são as pendências etc.

Os juros que incidem sobre dívidas assim são compostos, ou seja, não é uma porcentagem que, de acordo com o período, vai sendo taxada sobre o valor total. Em termos matemáticos, não se trata de uma multiplicação, mas sim de uma potenciação.

Imagine que — vamos usar um número simples para facilitar o raciocínio — a dívida é R$ 100, com juros de 10% ao mês. Em vez de ser R$ 110, depois R$ 120 e assim por diante, como podemos imaginar, esse valor se torna:

  • R$ 100 (valor original da dívida) +R$ 10 (valor dos 10% de juros sobre os R$ 100); agora a dívida é atualizada para R$ 110;
  • assim, no mês seguinte, os juros de 10% são sobre o valor atualizado, ou seja, R$ 110 + R$ 11;
  • no terceiro mês, o valor da dívida já é R$121 + R$12,10, ou seja, R$133,10; e assim por diante, sempre aplicando R$ 10 ao número que se atualiza mensalmente.

Agora aumente esses valores para entender o tamanho do problema! Por isso, apenas juntar dinheiro e esperar os juros continuarem crescendo não é nem de longe uma boa ideia.

Aplicar e fazer render

Para quem deseja juntar seu dinheiro e assim conseguir um bom desconto à vista — essa é uma das vantagens de pagar de uma vez —, uma boa ideia é aplicar o dinheiro, pois, assim, o valor também vai aumentando ao longo dos meses.

A dica é descobrir por quanto tempo é necessário aplicar quanto para cobrir o valor da dívida e conseguir quitar sem a opção de renegociação. Para saber como fazer, vamos esclarecer alguns itens:

  • P = valor inicial da sua aplicação;
  • n = tempo de aplicação;
  • i = taxa de juros do rendimento;
  • S = montante (ou seja, o valor da sua aplicação + o rendimento da aplicação).

Aplicar o dinheiro em vez de renegociar só vai valer a pena quando, considerando o valor da quitação à vista e da parcela, a taxa de rendimento for superior à dos juros cobrados na dívida. Para descobrir, você deve usar a fórmula: S = P + (1 + i)n.

Priorizar os prazos e as expectativas reais

Embora a ideia de investimento seja muito boa, a verdade é que a maioria das pessoas que têm pendências não dispõe mensalmente de um valor de aplicação alto o suficiente para render acima dos juros da dívida. Sendo assim, a dica de ouro é analisar a sua real condição e priorizar por fazer os juros pararem, por meio da renegociação.

Além disso, juntar dinheiro para quitar dívidas sem nenhum tipo de aplicação, como vimos, por via de regra, não traz um resultado que realmente cubra o avanço do valor ao longo dos meses e, portanto, não vale a pena. Considere o valor que cabe no seu bolso, negociando prazos e melhores condições.

Com planejamento — sem querer dar um passo maior do que a perna —, a tarefa se torna muito mais simples. Dê o pontapé inicial agora mesmo: leia o conteúdo que preparamos sobre como liquidar dívidas e limpar seu nome!

Compartilhe
este artigo

4 comentários

  1. Temos que saber mais sobre a cobrança que empresa está cobrando e qual o serviço foi contratado, como localização de instalação e número instalado , caso que ocorreu resentimente pegaram os dados da minha esposa e abrirão um contrato de instalação telefone e internet na zona norte , sem informações aparece cobrança de uma empresa tentando negociar para empresa um valor alto sendo que moramos na zona Sul e nunca fomos para este local da zona norte e aí já viu o nervosismo e transtorno ocorrido temos que saber o maiores informações sobre a cobrança atenciosamente Marcos

    • Marcos, bom dia! Nos detalhes do acordo você tem apenas algumas informações. A Empresa credora que nos diz o que mostrar ali ou não. Mas com aqueles dados você pode ligar na empresa e a mesma pode te passar todos os detalhes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inscreva-se

Receba os posts mais recentes em seu e-mail

Captcha obrigatório
Seu cadastro foi concluído com sucesso!