Liberdade financeira: entenda como conquistar a sua

7 minutos para ler

A liberdade financeira , mais do que essencial para que cada pessoa possa viver da maneira que quiser, é também sinônimo de um estilo de vida cheio de satisfação e conquistas.

Afinal, não há nada melhor do que a realização de poder fazer uma reforma na casa, comprar um carro, ou fazer aquela viagem que você idealizou por anos, pagando tudo com o dinheiro que você conquistou com seu próprio esforço e determinação , certo?

Diferente do que a maioria das pessoas pode pensar, a liberdade financeira não está ligada a salário alto e vida cara.

Diferente da independência financeira – que é quando se acumula um patrimônio de valor tão alto que pode-se viver dele, sem nenhum salário – a liberdade financeira é muito mais sobre a forma como você organiza suas possibilidades financeiras e nas suas decisões de compra.

Apesar do próprio conceito em si já nos remeter à uma ideia positiva, as verdadeiras vantagens de ter sua própria liberdade financeira são inúmeras.

Para conquistá-la, você precisará de um inteligente e eficaz controle de seu orçamento mensal.

Como é viver com liberdade financeira?

A liberdade financeira não significa que você terá tudo que quiser, quando quiser. Significa que você terá que fazer escolhas, mas que progressivamente poderá conquistar seus objetivos em curto prazo, sem prejudicar nada do que já tenha conquistado.

Assim, você poderá construir a qualidade de vida que sempre desejou para você e sua família, com um bom plano de saúde, moradia, escola para as crianças, contas em dia momentos de lazer, entre outras coisas.

Ou poderá simplesmente ter na dispensa todas as coisas que tem vontade de comer, ter roupas de qualidade e investir em seus estudos, em uma faculdade ou curso de idiomas. Você fará suas escolhas!

Isso tudo, é claro, conhecendo seu orçamento, suas possibilidades e não extrapolando em busca de uma vida que não tem condições.

Que tipo de liberdade financeira você busca para a sua vida?

Como conquistar a própria liberdade financeira?

1. Organize seus gastos

Ser realista , como já sugerimos, é a primeira etapa do processo de conquista da sua liberdade financeira. Isso porque, se você quiser gastar mais do que tem e sonhar alto demais, a queda pode ser bem dolorosa e complicada de se resolver.

Conheça seus rendimentos e organize-os de forma a ter uma base fixa de valores gastos e recebidos em uma média mensal e anual.

Isso é uma tarefa complicada, pois é importante que seja precisa e forneça a sua vida financeira em um único planejamento.

Não se esqueça de incluir os gastos ocasionais, afinal, ninguém está livre de imprevistos, e mesmo não sabendo quais serão, você pode deixar uma quantia previamente reservada para essas situações.

2. Analise de que forma pode economizar

Depois de feita a organização inicial, procure por gastos que podem ser excluídos ou minimizados.

Busque, por exemplo, pesquisar os preços dos estabelecimentos na hora de fazer compras, e organize tudo que precisa de forma a comprarde forma consciente e saber quais são as prioridades entre suas compras.

Ir às compras sem planejar é bem perigoso, pois as tentações de levar coisas que não estavam no cronograma são grandes e na maioria das vezes acabam nos vencendo.

Procure detalhar suas necessidades e evitar compras exageradas.

3. Quite dívidas pendentes

Se você tem alguma dívida pendente, procure resolvê-la primeiro. Coloque isso como prioridade.

Analise o tamanho dessa dívida e se for o caso, pense sobre que metodologia e investimento você poderá utilizar para se ver livre dela.

Separe o dinheiro necessário e se possível, já acerte o pagamento logo depois de receber seu salário.

Aproveite oportunidades de negociar sua dívida online, normalmente são oferecidos ótimos descontos.

4. Jamais atrase o pagamento de faturas de cartões de crédito

As compras parceladas são um grande inimigo que podem ocasionar dívidas enormes quando saem do controle.

Isso porque se arrastam por mais tempo do que o necessário, se somam a outras e te deixam sem margem para quitá-las sem te prejudicar e abrir mão do que realmente precisa naquele momento.

Por isso, antes de parcelar qualquer compra, tenha plena certeza de que é um bom negócio .

Os atrasos de faturas de cartões são as maiores inimigas da sua liberdade financeira, pois podem te prender a elas por anos, dando a sensação de que quanto mais o tempo passa, mais longe você fica de se livrar delas.

Isso porque no momento em que você assume esse problema, ele se vai se estender e se tornar uma bola de neve em sua vida.

Portanto, tenha em mente que atrasar a fatura do cartão de crédito é contrário aos seus objetivos e se organize para nunca precisar passar por isso.

5. Procure uma renda extra

Uma boa forma de começar a poupar dinheiro é tentar alguma coisa que você possa conciliar com o trabalho, que não te sobrecarregue e ainda gere lucro.

Não precisa ser algo muito extraordinário. Busque uma habilidade sua e faça com que ela trabalhe a favor da sua independência financeira.

Ou pense sobre algo que você goste de fazer e busque ser bom naquilo. Assim você estará aliando o útil ao agradável.

Você gosta de artesanato? Cozinhar? Ensinar? Pense sobre você e encontre a resposta.

6. Invista suas economias de maneira inteligente

Essa é uma forma de fazer com que o dinheiro que você economizou se multiplique de alguma forma.

Para isso, você precisará de um investimento seguro que te garanta um retorno compatível com o que você espera para sua liberdade financeira.

As possibilidades de investimentos são variadas e envolvem fatores com alto ou baixo risco, pouca ou muita rentabilidade.

Dessa forma, você precisará pesquisar cuidadosamente qual delas se encaixa melhor no seu perfil e no seu orçamento.

Veja aqui tudo que você precisa saber para começar a investir.

7. Busque sempre por informação e mais conhecimento

Assim como tudo na vida, a liberdade financeira exige conhecimento.

Dessa forma, a busca por esse objetivo envolve uma fórmula de conhecer a si mesmo e a tudo de maneira cada vez melhor.

É preciso conhecer suas finanças, seus objetivos, suas opções e habilidades.

A informação está por toda parte e em constante mudança, então, antes de definir suas metas, estude, conheça, desenvolva, converse.

Atualmente, além de profissionais e empresas especializados nessa área de conhecimento, existem formas de aprender mais sobre finanças através da própria internet, como por exemplo, aqui no blog da Acordo Certo, onde você pode encontrar várias dicas para usar e investir melhor seu dinheiro.

Investir e economizar exige mais preparação do que parece, por isso, não tente decidir tudo sozinho se não tem experiência, busque se informar.

Muitas vezes, mesmo quem tem o mínimo de controle, precisa passar por uma verdadeira reeducação financeira para atingir os objetivos que procura.

A liberdade financeira é umprocesso gradual, que você não vai adquirir da noite para o dia. Mas com informação e disciplina, essa conquista pode estar mais próxima do que você imagina.

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-