Limpe seu nome em 4 passos

3 minutos para ler

O brasileiro inadimplente deve, em média, o triplo do que ganha, conforme pesquisa realizada pelo Data Popular. Na quantidade de dívidas em atrasos, há casos de até 20 débitos diferentes. Esses dados dão a dimensão do quanto a inadimplência compromete a vida das pessoas.

São mais de 61 milhões de brasileiros nessa situação, um número recorde. Certamente, todos gostariam de resolver essa situação. Mas para limpar nome sujo é preciso, primeiro, se organizar e fazer um bom planejamento. Confira como atingir esse objetivo em quatro passos!

1. Identifique todas as suas dívidas e credores

Como os dados mostram, o brasileiro que precisa limpar nome sujo deve, em média, três vezes o valor da sua renda e acumula dívidas diferentes. Só o fato de ter multidívidas já é um problema que pode estar na origem da inadimplência. Outra possibilidade é a ocorrência de débitos antigos que sejam desconhecidos do devedor.

Nesse cenário, é comum que o devedor encontre dificuldade para regularizar a sua situação. Muitas vezes, não se tem como saber nem ao certo qual é o valor total dos débitos, que, em geral, é elevado. Por isso, se você quer sair dos cadastros de restrição ao crédito, comece, primeiramente, identificando quais são as suas dívidas, o total dos seus débitos e quem são os credores.

Você pode consultar pendências com os parceiros da Acordo Certo no nosso site.

2. Avalie suas condições financeiras

Agora que você já sabe o quanto deve e para quem deve, pode começar a se organizar para quitar as dívidas. Faça uma análise do seu orçamento e verifique quanto pode separar para resolver a sua situação.

É importante definir cortes de gastos que sejam desnecessários para obter um montante maior, o que será importante para que você obtenha melhores condições de pagamento.

Sabendo quanto tem disponível do orçamento para limpar o seu nome, passe para o próximo passo abaixo.

3. Negocie com credores

Assim como você quer limpar seu nome, seus credores esperam receber, com isso, chegar a um meio-termo é bom para os dois lados. As empresas são receptivas à renegociação, principalmente quando é proativa.

Verifique quais são as condições oferecidas para pagar os valores devidos, buscando redução de juros e parcelas que sejam condizentes com o valor que estipulou para este fim.

4. Comprometa-se com os pagamentos

Você cumpriu todos os passos anteriores para regularizar sua situação. Não perca essa oportunidade! Seja rigoroso e comprometido com os pagamentos para que seu esforço não seja em vão.

Lembre de que as condições oferecidas na renegociação podem ser perdidas em caso de descumprimento. Perder vantagens obtidas pode comprometer todo o seu planejamento.

Atualmente, é possível realizar todas as etapas de forma rápida e prática, utilizando uma plataforma digital de negociação de dívidas. Todo o processo é feito online, de forma ágil e segura.

O devedor realiza o cadastro na plataforma, localiza as dívidas que tem em atraso, avalia as condições de pagamento oferecidas, escolhe a forma de pagamento mais adequada à sua situação e já pode emitir o boleto para pagamento. Com organização, planejamento e tecnologia digital você limpa nome sujo.

Quer saber mais sobre o assunto? Confira como fazer isso de forma simples e rápida pela Plataforma Acordo Certo.

Posts relacionados

Um comentário em “Limpe seu nome em 4 passos

Deixe uma resposta