Consulte grátis seu score de crédito

Como Funciona o Limite do Cartão de Crédito? 3 Dicas para não Estourar o Seu!

Você sabe como funciona o limite do cartão de crédito? Veja o que os bancos levam em consideração, conheça os riscos de aumentar e o limite ideal para seu perfil.

Como Funciona o Limite do Cartão de Crédito? 3 Dicas para não Estourar o Seu!

Ter um limite alto no cartão de crédito muitas vezes pode ajudar no dia a dia, mas também pode atrapalhar bastante, pois é mais fácil perder o controle das compras feitas. 

É por isso que é tão importante saber como funciona o limite do cartão de crédito, para entender quais são os juros do cartão, os principais riscos de aumentar e qual é o limite ideal. E é sobre tudo isso que falaremos nesse conteúdo! Siga a leitura.  

Como funciona o limite do cartão de crédito?

O limite do cartão de crédito funciona como um dinheiro que o banco te empresta para fazer compras, pagar serviços, contas, etc. Depois de fazer as compras, você devolve ao banco esse dinheiro emprestado, através do pagamento da fatura do cartão.  

Como cada pessoa recebe uma renda e tem históricos financeiros diferentes, então o banco concede limites de crédito também diferentes, de acordo com o que a pessoa pode pagar no mês. 

Os principais critérios usados para definir o seu limite do cartão é a sua renda e sua pontuação score, ou seja, a sua reputação em relação ao seu histórico de pagamentos.  

Cada instituição financeira tem suas regras de funcionamento de limite de cartão de crédito. Em algumas delas, é mais fácil pedir e conseguir mais créditos, em outras é mais difícil. Tudo depende do resultado da análise de crédito que o banco faz do seu perfil.

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Como as financeiras calculam o limite do seu cartão

O cálculo é feito principalmente de acordo com sua renda mensal, ou seja, seu salário, benefícios, pensão, auxílios, comissões, etc. O banco primeiro precisa entender o quanto você recebe no mês e quais são as fontes desse dinheiro.   

Depois, para deixar o cálculo ainda mais seguro e correto, as financeiras também observam seu histórico financeiro e relação com o dinheiro, como por exemplo: 

  • Se você paga suas contas em dia 
  • Se já pegou empréstimos ou financiamentos 
  • Se costuma pedir novos créditos ou limites com frequência 
  • Se já teve ou tem o nome sujo 
  • Seu score de crédito 
  • Quanto tempo você é cliente do banco 

Depois de avaliar estes pontos, eles conferem se você é um bom pagador e então calculam o limite do seu cartão de crédito.  

Se você é um bom pagador e tem o score alto, tem mais chances do seu limite ser maior, mas se você já teve históricos financeiros negativos e o score baixo, é provável que seu limite seja reduzido ou que você não consiga a aprovação de um cartão de crédito.  

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Como saber qual o limite ideal do cartão?

O limite do cartão de crédito não pode atrapalhar o pagamento das suas despesas básicas, então o ideal é que ele não ultrapasse 30% da sua renda mensal.  

Suas despesas básicas para sobrevivência são aquelas relacionadas a alimentação, saúde, moradia, educação e transporte. Elas devem ser prioridade no seu orçamento mensal, ok? Nenhum cartão de crédito deve atrapalhar o pagamento dessas contas. 

Mas voltando a questão de como funciona o limite do cartão de crédito: com o limite de até 30% da sua renda, ficará mais fácil de usar o cartão sem se perder e ficar endividado.  

Exemplo prático: se você ganha R$2.000,00 mensalmente, o limite ideal é de R$600,00. Se por acaso o banco te der um limite maior do que esse, basta você pedir para reduzir ou então ter a disciplina de não gastar mais do que 30%. 

Vamos para alguns exemplos de renda mensal para você ver os limites ideais?  

Renda mensal (salário, pensão, benefícios, etc.) Limite ideal do cartão de crédito 
R$ 1.212 (salário-mínimo) R$ 363,60 
R$ 1.500 R$ 450,00 
R$2.000 R$ 600,00 
R$2.500 R$ 750,00 
R$3.000 R$ 900,00 

Aumentar o limite do cartão de crédito: 4 riscos a sua vida financeira

Depois de aprender sobre como funciona o limite do cartão de crédito, precisamos conhecer os riscos de aumentá-lo, pois muitas vezes os bancos aumentam automaticamente ou nos dão um limite maior do que a nossa própria renda.  

Os bancos dão um limite maior do que a renda quando para as pessoas que tem um score alto, ou seja, que não tem históricos negativos e que possuem o nome limpo.  

Se você tem um limite baixo e quer aumentá-lo, confira antes os riscos:  

1 – Risco de atrasar o pagamento da fatura 

Antes de aumentar o limite, é importante entender se você terá dinheiro para pagar a fatura, pois assim você evita atrasos nos pagamentos e consequentemente evita os juros de atraso. 

Se não se organizar com antecedência, você corre o risco de não saber qual o valor que pode gastar no cartão, e essa atitude faz com que você gaste a mais do que pode.  

2 – Pagar multas e juros 

Se acontecer um atraso no pagamento da fatura, os juros e multas do cartão de crédito começam a ser cobrados. E é importante você saber que os juros do cartão são os mais altos do mercado: por exemplo, a multa por atraso pode chegar a 2%. 

E não se esqueça do parcelamento da fatura do cartão de crédito, que também gera juros rotativos altíssimos: a taxa ao mês pode chegar a mais do que 5% e a taxa ao ano pode ser mais alta do que 80%. 

Ou seja, ao aumentar o limite do cartão de crédito, você tem que ter a certeza de que irá conseguir pagar a fatura completa, para que então não tenha que gastar com o pagamento dos juros.  

3 – Possibilidade de endividamento  

O cartão de crédito pode ser um grande aliado do seu dia a dia, mas também pode virar um grande vilão: se você não conseguir pagar, é possível que fique endividado e acumule várias faturas e boletos.  

Acumular muitas dívidas pode atrapalhar o controle das suas finanças e até impedir o pagamento de contas básicas, como as de alimentação, saúde, moradia, transporte e educação.  

4 – Risco de ficar com o nome sujo 

Os problemas com o cartão de crédito podem virar uma grande bola de neve: primeiro você atrasa o pagamento da fatura, e então os juros e multas são cobrados, você fica endividado e por fim fica com o nome sujo.  

Por isso, tome muito cuidado ao pedir aumento no limite do cartão de crédito, pois se você não tiver dinheiro para pagar as faturas, vai acabar ficando com o nome sujo.  

  CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Vale a pena ter dois cartões de crédito? 

Ao ter dois cartões de crédito, você duplica seu limite de compras. Isso pode parecer ótimo, mas na verdade é muito perigoso, por isso, é preciso conhecer o seu orçamento mensal e entender o quanto de dinheiro você tem disponível para fazer compras com o cartão. 

Em vez de tentar pedir aumento do limite de crédito, muitas pessoas vão atrás do segundo cartão de crédito. É claro que existem vantagens em ter dois cartões na carteira, como configurar datas diferentes de vencimento da fatura e distribuir melhor os gastos.  

Entretanto, é essencial ter muita organização e disciplina para não atrasar os pagamentos das faturas, até porque serão duas. Logo, se você atrasar as duas faturas, serão juros em dobro. Já pensou que dor de cabeça?  

Existe mesmo cartão de crédito sem limite? 

Não existe cartão de crédito sem limite, afinal, isso não seria interessante para os bancos. Como o limite não deixa de ser um dinheiro emprestado, as instituições financeiras teriam muito risco de inadimplência ao oferecer cartões sem limites. 

Existem cartões de crédito com limite tão alto que até a própria pessoa pode não saber ao certo qual é o valor disponível para fazer compras. Mas mesmo assim, se a instituição financeira acreditar que uma compra está com um valor muito além do que a pessoa pode pagar, então ela tem a liberdade de bloquear a compra.  

Pagamento parcial da fatura compromete o limite de crédito? 

Sim, o pagamento parcial (ou mínimo) da fatura compromete o limite e faz com que ele diminua. Quando você paga somente uma parte da sua fatura, o banco só libera o limite que você pagou.  

Por exemplo: seu limite de compras é R$1.000,00 e sua fatura do mês é R$1.000,00, mas você só conseguiu pagar o mínimo, que é 15% da fatura, ou seja, R$150,00. Ou seja, você só terá R$150,00 de limite no cartão até você pagar o restante.  

É importante reforçar que são os bancos que estipulam a taxa do pagamento mínimo. Tem bancos que exigem pelo menos 15%, mas tem bancos que tem a taxa menor, como o Banco Next, que estipula que o pagamento mínimo da fatura do cartão deve ser a partir de 10% (a taxa é estipulada de acordo com o perfil do cliente).  

  CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

3 dicas para não estourar o limite do seu cartão de crédito! 

Dica 1 – Estipule um limite de gastos 

Às vezes, o banco te oferece um limite maior do que você pode gastar. Mas afinal, como saber o quanto você pode usar deste limite? É só fazer as contas!  

Antes mesmo de pedir um cartão de crédito, faça a organização do seu dinheiro e anote os valores que entram e que saem da sua conta mensalmente.  

Ou seja, veja quais são seus gastos básicos e recorrentes (como aluguel, conta de água, compra no mercado, etc.) e quais são seus gastos variáveis e de desejo (como presentes para família e amigos, roupas, beleza, delivery, aplicativos de transporte, etc.).  

Depois, confira o quanto você recebe mensalmente, como salários, pensão, benefícios, serviços extras, etc.  

E então, quanto da sua renda já está comprometida com os pagamentos destas contas?  

Depois de calcular tudo, defina o valor limite para seus gastos. Mesmo que seu limite no cartão de crédito seja maior, tenha organização e disciplina e gaste somente o valor que você pode gastar e que não irá te atrapalhar no mês.  

O número ideal é que os gastos com o cartão de crédito não ultrapassem 30% da sua renda mensal, ok?  

Dica 2 – Confira com frequência sua fatura 

O dia a dia do brasileiro é corrido e muitas vezes fazemos pequenas compras que não estavam planejadas, como tomar um cafezinho no caminho do trabalho ou comprar ovos e leite no mercado pois acabaram de última hora. 

Por isso recomendamos que você fique de olho na sua fatura do cartão de crédito. E isso significa olhar diariamente ou semanalmente, e não somente no final do mês ou na hora de pagar, pois assim você consegue acompanhar seus gastos e ter a certeza de que não irá ultrapassar o seu limite de gastos. 

Dica 3 – Não acumule parcelas 

Esta dica pode parecer difícil de seguir, mas ela traz muita saúde a sua vida financeira: termine de pagar uma compra parcelada antes de fazer outra.  

Para quem já se endividou com o cartão de crédito ou tem medo de perder o limite das compras, o ideal é terminar de pagar as parcelas antes de fazer novas.  

Quando parcelamos uma compra, já iniciamos os próximos meses “devendo” ao banco, ou seja, com a fatura cheia de parcelas e o limite já reduzido.  

Então, para evitar de estar sempre devendo ao banco, organize-se para fazer poucas compras parceladas, ok?  

E para finalizar, nossa dica final é: tenha uma reserva de emergência  

Às vezes as coisas quebram, como a geladeira, micro-ondas, televisão, carro, etc. Nestes casos, qual a melhor forma de pagar o conserto?  

O cartão de crédito pode ajudar sim nestes casos, mas as vezes isso significa ter que estourar o limite. 

É por isso que incentivamos que você tenha uma reserva de emergência, assim, não precisa usar o limite do cartão de crédito. Ao ter uma reserva, você consegue pagar estas situações inesperadas com dinheiro, evitando assim os juros do cartão de crédito, que muitas vezes são altíssimos.  

E aí, conseguiu entender como funciona o limite do cartão de crédito? Se ficou com dúvida durante a leitura, é só deixar um comentário aqui embaixo que iremos te ajudar! 

4 respostas para “Como Funciona o Limite do Cartão de Crédito? 3 Dicas para não Estourar o Seu!”

  1. Leandro Moraes alves disse:

    Obrigado pela dicas estou ansioso pra ter meu nome limpo e disciplinado vou colocar em prática tudo aquelo que estou aprendendo

    • Renata disse:

      Olá Leandro, tudo bem?

      Obrigada pelo comentário, ficamos felizes em ajudar.

      Conte sempre conosco para te ajudar nessa missão, com certeza você já está no caminho certo! ✨

  2. David disse:

    Amei a dica
    Tenho 9 cartão de crédito e todos em dias e valores a paga sempre baixo
    Essa dica me ajudará a ser melhor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Seu bem-estar financeiro

Receba os artigos
do blog no
seu e-mail.

Campo Vazio
E-mail inválido

Cadastro efetutado com sucesso.

Erro no envio. Por favor, tente novamente.