Se você já teve que lidar com burocracia e papelada para acessar serviços do Governo e teve várias dores de cabeça por conta de processos chatos de demorados, vai adorar conhecer e saber como criar conta gov.br.  

Essa plataforma digital revolucionária veio para simplificar a vida dos cidadãos brasileiros, oferecendo um acesso fácil, online, gratuito e centralizado a dezenas de serviços públicos.  

Inclusive, de acordo com informações da Serpro em abril de 2023, quase 70% dos brasileiros já têm suas próprias contas gov.br: já são mais de 145 milhões de contas criadas! 

É por isso que neste conteúdo vamos explorar o que é e a importância de criar a sua própria conta gov.br. Prepare-se para descobrir como facilitar sua relação e acesso a informações de direitos, benefícios, auxílios e serviços do Governo! 

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir o conteúdo ?

O que é conta gov.br 

A conta gov.br é um cadastro seguro criado pelo Governo para acessar diversos serviços públicos digitais. E o melhor: você pode criar sua conta gov.br de forma fácil, gratuita e online, pelo computador ou celular. Basta fornecer algumas informações e criar uma senha de acesso.

Esta iniciativa do Governo Federal veio para unificar o acesso aos serviços públicos digitais, e é uma espécie de chave que abre as portas virtuais para uma série de serviços e informações disponibilizados por diversos órgãos governamentais. Com apenas um login e senha, você pode acessar diferentes plataformas e realizar várias ações sem precisar criar múltiplas contas. 

Para que serve a conta gov.br 

O gov.br cadastro serve para facilitar a vida dos cidadãos brasileiros, pois ela possibilita acesso rápido e descomplicado aos serviços oferecidos pelo Governo, como por exemplo solicitar o auxílio maternidade, acompanhar a liberação do seu Bolsa Família, se inscrever nas provas do ENEM, conferir seu histórico de atendimentos de saúde no SUS, entre muitos outros serviços.  

Ao criar conta gov br com CPF, você ganha a praticidade de resolver diversas questões sem sair de casa, evitando filas e burocracias desnecessárias. Além disso, a conta centraliza suas informações pessoais de forma segura, simplificando a comunicação com os órgãos públicos e garantindo a privacidade dos seus dados. 

Apps e serviços que usam a conta Gov.Br 

São centenas de serviços e aplicativos que usam a conta gov.br.

No site do Governo, você pode conferir estes serviços organizados por categorias (como cultura, assistência social, etc.), por serviços estaduais, divididos por Órgãos (como Ministério da Saúde, da Economia, etc.) ou ainda separados por público-alvo (Cidadãos, Empresas, Órgãos e Entidades Públicas, ONGs, organizações sociais ou servidor público).  

Veja os principais exemplos de serviços, auxílios e benefícios que você pode acessar ou solicitar depois de criar conta gov.br:  

  1. Desenrola Brasil
  2. Abono salarial
  3. Auxílio maternidade 
  4. Auxílio Brasil
  5. Bolsa Família 
  6. Bolsista CAPES 
  7. Cadastro Único 
  8. Carteira de Trabalho Digital 
  9. Carteira Digital de Trânsito
  10. Conecte SUS – Serviços relacionados ao Cartão do SUS 
  11. Consumidor.gov.br 
  12. e-SUS Vacinação 
  13. ENEM 
  14. FIES 
  15. PROUNI 
  16. SISU 
  17. IBGE 
  18. ID JOVEM 
  19. Mães do Brasil 
  20. MEI 
  21. Meu Imposto de Renda 
  22. Meu INSS – Central de Serviços 
  23. Portal da Pessoa Física 
  24. Receita Federal 
  25. Consulta seguro-desemprego 
  26. Tesouro Direto 

Como entrar no Desenrola Brasil pelo gov.br

Sim, para participar da nova fase do Desenrola Brasil 2023, exclusiva para pessoas que estão negativadas e recebem até 2 salários-mínimos ou tem Cadastro Único ativo (Faixa 1 do programa), será preciso ter uma conta gov.br com nível prata ou ouro. Essa identificação digital serve para comprovar sua identidade, ou seja, provar para o Governo que você é você.

Por isso, se a sua dívida estiver contemplada no Programa Desenrola Brasil, será obrigatório criar gratuitamente a conta gov.br para conseguir acessar a Plataforma do Programa Desenrola Brasil e fazer sua negociação de dívida.

Conta gov.br e Desenrola Brasil: siga a leitura para entender como sua conta e conseguir participar do programa de renegociação de dívidas do Governo.

Como criar conta gov.br 

Acompanhe os 7 passos e veja como criar conta no gov br: 

  1. Acesse o site ou baixe o aplicativo oficial do gov.br. 
  2. Vá na opção “criar conta” e digite seu CPF  
  3. Clique em continuar e depois leia e aceite os termos  
  4. Preencha seus dados pessoais para confirmar ao site que você é você 
  5. Confirme os dados e receba um código de verificação por SMS ou e-mail 
  6. Crie uma senha para a conta
  7. Pronto! Você acabou de criar conta gov.br! 

Cadastro Gov.br pelo app 

Aqui está o passo a passo para criar conta gov.br usando reconhecimento facial pelo seu smartphone: 

  1. Comece criando um QR code no site do Gov.br 
  2. Baixe o aplicativo Gov.br na lojinha do seu celular Android ou IOS 
  3. No app, clique em “criar conta” 
  4. Para começar seu cadastro, leia o QR Code na tela do seu computador e depois faça a validação facial no App usando a tecnologia de reconhecimento facial. Essa etapa serve para provar que você é você  
  5. Digite seu CPF e aceite os termos. Depois clique em não sou um robô 
  6. Depois de fazer a autenticação facial, complete suas informações cadastrais como nome, data de emissão da CNH, etc.  
  7. Por fim, depois de criar conta gov.br, ative-a com a verificação através de um código enviado por SMS ou e-mail 
  8. Crie uma senha 

Cadastro Gov.br por banco credenciado 

Se preferir, é possível realizar o cadastro da conta gov.br por meio de bancos credenciados, pois assim você acrescenta ainda mais segurança na sua conta. Alguns bancos oferecem a opção de cadastro direto em seus sites ou aplicativos, facilitando ainda mais o processo. 

Para cadastrar desta fora, você tem que acessar o site Gov.br e clicar em “login com seu banco” e seguir as instruções da tela. Veja quais bancos são credenciados para este tipo de cadastro: 

  1. Banco do Brasil 
  2. Banrisul 
  3. Bradesco 
  4. Banco de Brasília 
  5. Caixa Econômica Federal 
  6. Sicoob 
  7. Santander 
  8. Itaú 
  9. Agibank 
  10. Sicredi 
  11. Mercantil do Brasil  

Essa alternativa é ideal para quem já possui conta em um dos bancos parceiros e deseja aproveitar essa facilidade para criar conta gov.br. 

Cadastro via Internet Banking gov.br 

Outra forma prática de criar sua conta gov.br é utilizando o Internet Banking de alguns bancos credenciados: ao acessar sua conta pelo Internet Banking do banco em que você já é cliente, você pode encontrar a opção de cadastro para a conta gov.br.  

Ao selecionar essa opção, basta seguir os passos indicados pelo banco para concluir o processo de criação da conta. Essa é mais uma alternativa conveniente para quem já utiliza o Internet Banking e deseja aproveitar essa facilidade para criar sua conta gov.br. 

Como atualizar cadastro Gov.br

Ao criar conta gov.br e fazer o login, basta seguir estes passos rápidos para atualizar dados do gov.br: 

  1. Acesse “minha área” 
  2. Depois clique em “Dados Cadastrais”  
  3. Pronto: aqui você poderá atualizar seu nome, e-mail, telefone e foto 
  4. Depois de atualizar, será necessário fazer uma validação, para que o sistema entenda que você é você 

Mantendo seus dados atualizados, você evita problemas futuros e garante um acesso sem complicações aos serviços disponíveis. 

Níveis da conta gov.br 

A conta gov.br oferece diferentes níveis de segurança para garantir a proteção dos seus dados e para diferenciar os tipos de públicos diferentes que acessam o portal do Governo. Quanto maior o seu nível, mais acessos e serviços você poderá usar. 

Conheça os três níveis disponíveis: 

1 – Nível Bronze 

No nível bronze, você terá acesso aos serviços básicos e parciais oferecidos pelo Governo.  

Para criar conta gov.br com este nível, basta registrar informações pessoais ou dados previdenciários, logo, a segurança é mais simples também.  

2 – Nível Prata 

Ao adicionar mais validações de segurança na sua conta gov.br e alcançar o nível Prata, você terá acesso a serviços mais sensíveis e restritos, e o seu nível de segurança será alto.  

Para subir sua conta de nível bronze para prata, você terá que fazer uma das validações abaixo: 

  1.  fazer o reconhecimento facial pelo app Gov.br. O sistema irá conferir se a sua foto bate com aquela que está registrada na sua CNH 
  2. Validar seus dados usando o login pelo internet banking em um dos bancos credenciados 
  3. Se você for servidor público federal, você pode validar suas informações com usuário e senha do SIGEPE 

3 – Nível Ouro 

O nível Ouro é o nível máximo de segurança da conta gov.br.  

É importante ressaltar que o aumento dos níveis de segurança proporciona uma proteção adicional aos seus dados pessoais, garantindo uma experiência mais segura ao utilizar os serviços públicos digitais. 

Para subir sua conta de nível prata para outro, você terá que fazer uma das validações abaixo: 

  1. Fazer o reconhecimento facial pelo app Gov.br. Neste caso, o sistema do Governo vai conferir se a sua foto bate com aquela registrada na Justiça Eleitoral  
  2. Fazer a leitura de QR Code da sua Nova Carteira de Identidade Nacional CIN 
  3. Fazer a validação das suas informações com um certificado digital compatível com ICP-Brasil 

Agora confira o que a conta gov prata ou ouro oferecem, e o que a conta nível bronze não oferece:  

  1. Visualizar e compartilhar seus dados e documentos digitais  
  2. Utilizar serviços gratuitos de assinatura eletrônica no site assinador.iti.br 
  3. Acessar serviços públicos que exigem o maior grau de confiabilidade da conta gov.br  
  4. Habilitar a autenticação em duas etapas para ter mais segurança no uso da sua conta  

Como criar conta nível prata ou ouro 

Basicamente, você precisará fazer mais validações usando seu internet banking de bancos credenciados ou fazendo o reconhecimento facial, que pode ser com informações da sua carteira de motorista (para contas pratas), usando sua foto registrada na Justiça Eleitoral (conta ouro), ou ainda lendo o QR Conde da nova Carteira de identidade CIN (também conta ouro). 

Como recuperar senha gov.br 

Quem nunca esqueceu a senha de um site né? Se depois de criar conta gov.br você esquecer sua senha, não se preocupe, pois é possível recuperá-la de forma simples e rápida, usando uma das soluções abaixo:

  1. Fazer o reconhecimento facial pelo aplicativo gov.br 
  2. Usar um dos bancos credenciados para fazer o login pelo internet banking 
  3. Solicitar um código de recuperação de senha pelo seu email cadastrado ou pelo celular  

Conclusão 

Criar conta gov.br é o primeiro passo para simplificar sua relação com os serviços públicos digitais e o seu acesso aos benefícios que já usa no dia a dia. Com uma única conta e usando a internet, você pode acessar uma variedade de informações e auxílios oferecidos pelo Governo, evitando burocracias e filas.  

Além disso, os diferentes níveis de acesso da conta gov.br proporcionam maior segurança e proteção aos seus dados pessoais, e ainda possibilitam o acesso a informações mais restritos, de acordo com a verificação de identidade realizada.  

Agora que você conhece os benefícios e sabe como criar sua conta, aproveite todas as facilidades e comodidades que a conta gov.br tem a oferecer! Esperamos que este conteúdo te ajude e se tiver qualquer dúvida, não deixe de mandar aqui nos comentários, ok?  

FAQ: Perguntas frequentes

Como saber se minha conta gov é prata ou ouro?  

Para saber o nível da sua conta, basta fazer login na sua conta. Logo na página inicial do site ou do aplicativo Gov.br, a informação do nível da sua conta irá aparecer.

Como saber se tenho uma conta gov.br?  

Para saber se você tem uma conta gov.br, basta acessar o site ou aplicativo e digitar seu CPF. Caso já tenha uma conta, será necessário digitar a senha para ser redirecionado para a página inicial. Se não tiver uma conta, o próprio site já vai te direcionar para completar o cadastro e criar conta gov.br.  

Como aumentar o nível da minha conta gov.br?  

Para aumentar o nível da sua conta gov.br, você precisará realizar as verificações adicionais exigidas para cada nível, que geralmente são validações com reconhecimento facial. 

Web Stories