O número de pessoas inadimplentes cresce mês a mês. Por esse motivo, os brasileiros sempre buscam opções financeiras atrativas que possam ajudam tanto em momentos difíceis quanto para realizar sonhos. 

É o caso do financiamento para negativado, que é uma alternativa de crédito mesmo para quem está com o nome sujo. 

Mas afinal, existem mesmo empresas que ofereçam este tipo de financiamento? E como ele funciona? Vale a pena contratar ou os juros são muito altos? Veja tudo aqui! 

Quem faz financiamento para negativado?

Existem poucas instituições que aprovam empréstimo e financiamento para negativado, como por exemplo a Creditas e o Santander para financiamento de carros. Já para financiar um imóvel, as opções ficam ainda mais restritas e praticamente não existem, afinal, os valores para fazer financiamento de imóvel são bem maiores do que de automóveis.  

Antigamente existia uma opção no programa habitacional Minha Casa Minha Vida que oferecia o financiamento mesmo para quem estava negativado: a faixa 1 do programa atendia pessoas que tinham renda mensal de até R$1.800,00 e que estavam com o nome sujo. 

Com a atualização do programa para a sua nova versão chamada Casa Verde Amarela, esta condição de financiamento deixou de existir. De toda forma, vale conferir os critérios para fazer o financiamento do imóvel no site oficial do programa. 

É possível conseguir um financiamento estando negativado?

É bem difícil conseguir um financiamento quando se está negativado, mas não é impossível, pois existem instituições financeiras menores e mais novas no mercado que fazem a liberação do valor mesmo quando o consumidor tem restrições no CPF. 

Se você está com o nome sujo, já deve ter percebido que os bancos grandes ficam com medo de te emprestar dinheiro, afinal, ter restrições no CPF significa que você tem históricos financeiros negativos, como por exemplo atraso no pagamento de contas e inadimplência com credores.  

Além disso, estar negativado e com restrição de crédito vai muito além de atrasar a fatura do seu cartão ou deixar de pagar uma conta de água.  

Ou seja, você pode ter restrições no seu CPF por estar inadimplente em outros locais, como quando você não declara o seu imposto de renda, quando emite cheque sem fundo, quando fica com uma dívida ativa por causa do não pagamento de IPTU, IPVA e outras contas relacionadas ao Governo e a prefeitura da sua cidade.  

O que é estar negativado?

Mas afinal, o que significa negativado? Estar negativado quer dizer que você tem restrições no seu nome, ou seja, que tem o nome sujo e está inadimplente.  

Isso acontece quando você deixa de pagar alguma conta e a empresa credora (aquela que te vendeu um produto ou serviço e que é dona da sua dívida) coloca seu nome em um Órgão de Proteção ao Crédito, como o SPC e Boa Vista. 

Mas afinal, por que fugir dessa situação? 

Quando você fica negativado, acaba perdendo oportunidades e facilidades no dia a dia, como pedir um novo cartão de crédito, empréstimo pessoal ou financiamento.  

Resumidamente, fica mais complicado conquistar suas coisas, principalmente aqueles sonhos maiores que acabam exigindo mais dinheiro, como o carro e a casa própria.  

De toda forma, lembre-se que “estar negativado” é uma situação momentânea, como uma fase na vida, pois você não precisa ser para sempre “a pessoa negativada”, ok? Apesar de ser um problema chato, a negativação pode ser resolvida com muito foco, disciplina, planejamento e organização financeira.  

O que é financiamento para negativados? 

O financiamento para negativado é uma linha de crédito que instituições financeiras criaram para atender as necessidades de pessoas que possuem restrições no nome, mas que mesmo assim tem interesse em financiar um valor para conquistar um sonho, como comprar o carro ou a casa própria.  

Este tipo de financiamento tem as mesmas características que um produto de crédito comum, entretanto, os juros costumam ser mais altos, justamente por ele ser focado em um público que tem um score de crédito mais baixo e que é inadimplente. 

Vale reforçar que são pouquíssimas empresas que oferecem financiamentos e empréstimos para negativados, afinal, este produto de crédito é considerado arriscado para as instituições que emprestam o dinheiro, e também pode ser delicado para o cliente que contrata também, pois o crédito pode atrapalhar ainda mais a vida financeira da pessoa. 

Como funciona o financiamento para negativados?

Esta linha de crédito funciona como qualquer outra: a pessoa interessada em comprar um bem apresenta a sua proposta e caso ela seja aprovada em uma análise de crédito, a instituição financeira então paga o valor que foi financiado diretamente ao vendedor do bem, que pode ser uma casa ou um carro por exemplo.  

Depois disso, a pessoa que pediu o financiamento começa a pagar o valor diretamente a instituição financeira, que cobra juros por ter emprestado o dinheiro.

Estes pagamentos são feitos de forma parcelada e a longo prazo, que podem levar dezenas de anos para acertar e finalmente quitar.  

Os passos para fazer o financiamento para negativado também são iguais aos créditos comuns:

  • primeiro é preciso escolher o tipo de financiamento,
  • apresentar ao banco qual o objetivo desse dinheiro (como comprar casa, carro ou fazer reforma),
  • depois seguir com as simulações das taxas de juros,
  • apresentar uma longa lista de documentos e comprovantes,
  • passar pela análise de crédito,
  • analisar contrato,
  • etc.  

A única diferença é que como o cliente é negativado, talvez existam regras em relação ao valor das parcelas do financiamento, como por exemplo ter um valor máximo de até 30% da renda mensal, pois desta forma o crédito não compromete as despesas básicas do cliente e não o torna ainda mais endividado.  

Vale a pena fazer financiamento com o nome sujo?

Quem nunca se viu perdido em uma bola de neve de dívidas e restrições e tentou buscar ajuda financeira pedindo um empréstimo ou financiamento?  

As opções sempre parecem muito atrativas, mas é essencial avaliar as taxas de juros e as condições apresentadas antes de contratar um financiamento para negativado.  

Se você já está com o nome sujo, assumir mais uma dívida de longo prazo pode ser um grande risco para as suas finanças, podendo até atrapalhar o pagamento das suas despesas básicas com alimentação, moradia, saúde, transporte e educação.  

Por isso, a nossa recomendação antes de pegar qualquer crédito, desde os mais simples (como cartão de crédito), até os maiores (como financiamento), é: organize seu orçamento e primeiro quite as suas dívidas antes de fazer novas dívidas.  

Cuidados na hora de pedir um financiamento

1 – Saber o seu score 

Você sabia que existe o score para financiamento ideal?  

Antes de pedir um financeiro ao banco, você precisa descobrir se você tem score baixo ou alto, pois isso te deixa mais preparado para pedir e até de garantir a aprovação do crédito.  

Como já comentamos, fica mais difícil pedir empréstimos e financiamentos quando se está negativado, pois geralmente essas pessoas têm um score mais baixo, o que faz com que os bancos “fujam”.  

É por isso que um dos principais cuidados que você deve ter é manter o score acima de 625, que de acordo com o Score Boa Vista é uma pontuação ideal para fazer financiamentos e pedir qualquer tipo de crédito.  

Conheça as diferenças entre as tabelas que calculam seu financiamento  

Ao pedir um financiamento, você vai ver que existem diferentes tipos de tabelas para calcular as parcelas e os juros do crédito. São elas: tabelas Price, SAC e SAM.   

Cada uma calcula o seu financiamento de uma forma, e elas possuem vantagens e desvantagens, como ter parcelas constantes ou decrescentes, encargos maiores ou menores no começo do pagamento, amortizações crescentes ou constantes, entre outros. 

Por isso, estude as diferenças entre cada uma e entenda o que é melhor para seu bolso. Você pode conhecer quais são as diferenças entre a Tabela Price e Tabela SAC neste guia completo sobre financiamento.  
 

Compare os juros das instituições financeiras 

Além das tabelas que calculam as parcelas do financiamento, é importante conhecer quais juros cobrados e o quanto cada empresa cobra, de acordo com o número de parcelas, p prazo de pagamento, o tipo do financiamento, etc. 

Por isso, use e abuse dos simuladores que existem nos sites dos bancos e instituições financeiras! Não tenha preguiça: faça testes com valores, com prazos de pagamento e com tabelas diferentes e vai anotando suas percepções e as melhores opções para você.  

Alternativas ao financiamento para negativados

Empréstimo consignado 

Sabemos que os valores liberados em um empréstimo são bem menores do que em um financiamento, mas quem sabe esta não é a alternativa ideal para você?  

Ao invés de buscar pelo financiamento para negativado, você pode optar por um empréstimo, pois existem muitas instituições financeiras que oferecem o consignado, principalmente para trabalhadores registrados com CLT, aposentados, pensionistas do INSS e servidores públicos, mesmo que estes estejam com o nome sujo.  

Você pode saber TUDO sobre o empréstimo consignado neste conteúdo.  

Empréstimo com garantia 

Você já tem uma casa e agora quer um carro? Você pode optar pelo empréstimo com garantia de imóvel! 

Nesta linha de crédito, você oferece um bem (como carro ou casa) como garantia ao banco em troca de crédito. Com isso, você consegue condições melhores, como juros mais baixos prazos melhores também para quitar o empréstimo. e até Assim, é possível conseguir juros mais baixos e até mesmo prazos maiores para pagar.  

Saiba mais sobre o empréstimo com garantia.  

FAQ: perguntas Frequentes 

É possível conseguir financiamento estando negativado? 

Sim, é possível, mas é um pouco mais difícil, pois não existem tantas opções de instituições financeiras que oferecem esta linha de crédito para negativados.  

Como limpar o nome?  

O jeito principal de limpar o nome é renegociar dívidas e quitar débitos.  

Veja mais algumas dicas de como fazer na prática: consulte seu CPF e conheça quais são as suas dívidas, ative o Cadastro Positivo, faça um planejamento financeiro para descobrir o quanto dinheiro você tem disponível para quitar estas dívidas, faça uma renegociação na Acordo Certo para aproveitar descontos, pague o acordo até o fim e depois mantenha a disciplina financeira para não voltar nunca mais para a inadimplência, ok? 

Após quanto tempo depois de pagar as dívidas o nome fica limpo? 

A empresa credora, aquela que mandou o seu nome para os Órgãos de Proteção ao Crédito, tem até 5 dias úteis para limpar o seu nome e tirar a restrição dele depois de você quitar sua dívida. 

Quanto tempo depois de limpar o nome posso fazer um financiamento? 

A primeira questão que temos que levar em consideração é a nota no score de crédito: quando limpamos nosso nome e mantemos nossos hábitos financeiros saudáveis, então nossa nota tende a subir.  

De toda forma, muita gente se pergunta como aumentar o score em 30 dias ou em até menos tempo, e a grande verdade é que esta nota demora para mudar. Por isso, depois que você limpar o seu nome, o mais recomendado é que aguarde de 3 a 6 meses para solicitar novas linhas de crédito, seja financiamentos ou empréstimos.

Quem tem nome sujo pode fazer financiamento na CAIXA? 

É muito difícil conseguir um financiamento na CAIXA quando se tem o nome sujo. De qualquer jeito, vale estudar as opções de linhas de créditos que a CAIXA Econômica oferece e conferir se uma delas se encaixa na sua necessidade atual.