Consulte seu CPF e negocie suas dívidas

Consulte já

Golpe do PIX: Saiba como se Prevenir e Conheça os Principais Tipos de Fraude com o PIX 

Confira 9 dicas para você conseguir evitar golpe do PIX: entenda como funciona clonagem, bug de PIX e golpes usando SMS. E se você já caiu em um, saiba como pedir reembolso ao banco.

Golpe do PIX: Saiba como se Prevenir e Conheça os Principais Tipos de Fraude com o PIX 

O PIX revolucionou nossa forma de pagar e cobrar as pessoas, e garantiu uma economia de tempo em nosso dia a dia. 

Por ser a forma de transferir dinheiro mais rápida atualmente (muito mais rápido do que TED e DOC), o PIX caiu nas graças do brasileiro: foram mais do que 1,4 bilhão de operações em dezembro de 2021 e mais de 58 milhões de operações ao mesmo tempo em março de 2022. 

Entretanto, tanta popularidade infelizmente chamou a atenção dos criminosos, que encontraram no PIX uma nova forma de roubar dinheiro das pessoas. 

Conheça mais sobre o golpe do PIX e como ficar longe dele, afinal, como diria uma música muito famosa: “o golpe tá aí”, e você não precisa cair nele. 

O que é golpe do PIX?

Golpe do PIX são ações mal-intencionadas que criminosos e golpistas tomam, a fim de roubarem dados pessoais e dinheiro das pessoas através do PIX e também de outras ferramentas virtuais, como sites falsos e redes sociais.   

Hoje em dia existem vários tipos de golpes do PIX e para serem executados são usadas estratégias de clonagem, por exemplo.  

Como os golpes com PIX funcionam?

No geral, os golpes com PIX funcionam através de redes sociais, WhatsApp, SMS e e-mail, e os golpistas usam estratégias que envolvem tecnologia, como clonagem, notícias falsas e criação de páginas na internet para captar dados das pessoas: tudo depende do tipo de golpe que está sendo aplicado.  

Uma tática muito usada pelos golpistas é a “engenharia social”, que são técnicas que criminosos virtuais usam para manipular psicologicamente as pessoas, para então roubarem informações pessoais valiosas, como CPF e dados bancários. 

Para fazer esta manipulação, os golpistas estabelecem um relacionamento com a vítima se passando por outra pessoa, seja por meio de telefone, conversas no WhatsApp, disparo de e-mails, etc.  

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Tipos mais comuns de golpe do PIX

  1. 1 – Bug do PIX  
  2. 2 – Golpe do PIX agendado  
  3. 3 – Golpe da clonagem por WhatsApp e Telegram  
  4. 4 – Golpe do SMS 
  5. 5 – Falsas centrais de atendimento 

1 – Bug do PIX

O Bug do PIX, também conhecido como “Bug do PIX em dobro”, acontece através das redes sociais com imagens, textos, vídeo sou notícias, que dizem que os bancos e instituições financeiras estão com um bug (problema técnico) que acaba multiplicando os valores dos PIX.  

Parece um ótimo negócio né? Mas isso não passa de um golpe e é como o velho ditado diz: “quando a esmola é demais, o santo desconfia.” 

Vamos explicar: os golpistas, ao fazerem estas notícias e divulgá-las na internet, informam que as pessoas precisam fazer transferências PIX para chaves específicas, e é aí que as pessoas acabam depositado dinheiro diretamente para os golpistas, acreditando que irão receber o valor em dobro.  

2 – Golpe do PIX agendado 

 Os varejistas e lojistas precisam tomar muito cuidado com o golpe do PIX agendado. Funciona assim: em vez do golpista fazer uma transferência imediatamente, para o mesmo dia e hora, ele deixa agendado e depois cancela. 

Ou seja, o vendedor acaba acreditando que a pessoa fez o PIX de pagamento do produto ou serviço, mas na verdade somente agendou e depois cancelou.  

3 – Golpe da clonagem ou perfil falso por WhatsApp e Telegram 

Muito comum e conhecido, o golpe da clonagem do WhatsApp acontece da seguinte forma: um golpista finge que trabalha em uma loja ou empresa e oferece uma oferta ou oportunidade imperdível. 

Durante a conversa, o golpista pede que a pessoa diga um código que ela recebeu em seu celular ou WhatsApp. Quando a pessoa fala este código, o golpista consegue acessar o seu telefone de outro lugar, o que conclui a clonagem de WhatsApp ou Telegram.  

Já o golpe do perfil falso acontece da seguinte forma: o criminoso cria um perfil de mentira, com o nome e foto de uma pessoa, e então, com este perfil, passam a pedir um “empréstimo” de dinheiro para amigos e familiares, que acabam se tornando as vítimas do golpe. 

4 – Golpe do SMS  

O golpe do SMS apresenta descontos especiais para pagamentos de faturas e de contas via PIX.  

Esta mensagem mentirosa, que é recebida através de mensagem de celular via SMS, sempre contém um link que mostra onde a pessoa precisa clicar para conseguir o desconto nas próximas faturas, ou então uma chave PIX, para onde a pessoa deve transferir o valor da conta com desconto.  

O golpe do SMS com link acontece justamente porque a página na internet é falsa, e serve somente para roubar os dados da pessoa: geralmente, ela tem um formulário onde a pessoa precisa preencher número de CPF e de cartão de crédito, além do valor da fatura ou da conta.  

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

5 – Falsas centrais de atendimento 

Neste golpe, os criminosos fingem que trabalham em uma instituição financeira e ligam para as vítimas para “ajudarem” a cadastrar uma chave PIX ou então dizem que precisam confirmar um cadastro e fazer um teste.  

Lembre-se que as instituições não fazem testes aleatórios desta forma, pois isso, tenha muito cuidado com essas ligações.  

Cai no golpe do PIX, e agora?

Se você foi vítima de um golpe de PIX, os primeiros passos a serem tomados são: 

  • Entre em contato com o seu banco: pode ser por chat, telefone ou outro meio que o banco disponibiliza. Lembre-se só de pegar o número do protocolo de atendimento e anotar o dia e horário da conversa
  • Faça um boletim de ocorrência: este boletim precisa informar o valor que foi captado no golpe

Depois de fazer estes passos, basta acompanhar a resolução do seu caso. Sua instituição financeira precisa te dar um retorno em relação ao dinheiro em no máximo 10 dias, seja para fazer o reembolso ou não. 

É possível reembolsar o PIX após sofrer um golpe? 

Sim, é possível, mas cada instituição financeira tem suas próprias regras de análise para realizar um estorno de PIX, por isso eles não são sempre garantidos.  

De toda forma, o Banco Central vem desenvolvendo cada vez mais melhorias para deixar o PIX seguro, e duas delas são conhecidas como Bloqueio Cautelar e o Mecanismo Especial de Devolução (MED).  

O Bloqueio Cautelar é feito quando as instituições financeiras suspeitam que seus clientes sofreram um golpe e então, como forma de prevenção, fazem um bloqueio das contas.  

Durante este bloqueio, a instituição analisa mais profundamente o que ocorreu, e se conseguiram mais indícios que a pessoa sofreu u golpe, então fica muito mais fácil fazer o reembolso.   

E para usar o Mecanismo Especial de Devolução, é necessário fazer um boletim de ocorrência e informar também a sua instituição através dos canais de atendimento. Após envio das informações, eles precisam retornar em até 10 dias. 

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Como evitar os golpes de PIX? 

  • Reduza o limite de valor em transferências PIX  
  • Cadastre apenas uma chave PIX em cada banco que usar 
  • Prefira usar chave PIX aleatórias 
  • Não passe nenhuma informação pessoal em ligações suspeitas 
  • Não clique em links suspeitos que estão em e-mails ou SMS  
  • Não clique em notícias e links nas redes sociais que parecem suspeitas, ou que oferecem uma “oportunidade” que parece boa até demais 
  • Antes de fazer um PIX para um conhecido que está precisando com urgência, ligue para esta pessoa ou encontre-a pessoalmente para confirmar seus dados e chave PIX 
  • Confira várias vezes as páginas na internet que você navega, principalmente internet banking e aplicativos 
  • Consulte seu CPF com frequência para se certificar que não foi vítima de golpe e que não tem dívidas que não foram feitas por você 

E para fechar com chave de ouro, segue nossa dica final: sempre desconfie! 

Para fugir de golpes, fraudes e estelionatos, seja uma pessoa desconfiada, principalmente se tratando de “oportunidades imperdíveis” ou links recebidos pela internet e redes sociais.  

Para se prevenir dos golpes novos que aparecem todos os dias, fique alerta e evite clicar em tudo que receber.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Seu bem-estar financeiro

Receba os artigos
do blog no
seu e-mail.

Campo Vazio
E-mail inválido

Cadastro efetutado com sucesso.

Erro no envio. Por favor, tente novamente.