Banner Banner

Juros Altos: Por que no Brasil é Assim?

Fique por dentro dos fatores que contribuem para que a taxa de juros no Brasil seja tão alta em relação aos outros países.

Juros Altos: Por que no Brasil é Assim?

Saber o porquê dos juros no Brasil serem tão altos é uma dúvida comum entre os consumidores.

Afinal, estamos entre os países com as maiores taxas de juros reais do planeta, e por mais que nem sempre esse cálculo seja considerado, ele faz muita diferença na hora de quitar dívidas.

Entender a lógica que existe por trás de cobranças tão elevadas é fundamental para obter melhores condições na hora de comprar a prazo, porém nem todos os brasileiros têm essa compreensão de maneira clara.

Para ajudar a resolver essa questão, falaremos sobre o tema neste artigo, com destaque para os fatores que contribuem para que a taxa de juros no Brasil seja tão alta em relação aos outros países.

Convidamos você a continuar a leitura e ficar por dentro do assunto.

Por que os juros tão altos?

Existem diferentes motivos pelos quais os juros cobrados no Brasil são tão altos: 

Inadimplência

Hoje temos no Brasil cerca de 61 milhões de pessoas com dívidas vencidas e não pagas, ou seja, inadimplentes.

CONSULTE SUAS DÍVIDAS GRÁTIS

IOF

Também conhecido como Imposto sobre Operações Financeiras, é uma tributação cobrada em operações como:

  • Compra ou venda de moedas estrangeiras (câmbio);
  • Rotativo do cartão de crédito;
  • Cheque especial;
  • Financiamentos;
  • Seguros;
  • Investimentos

Recolhimento compulsório

É uma porcentagem do dinheiro dos correntistas que os bancos são obrigados a manter no Banco Central.

Para entender melhor o que isso significa, basta comparar a situação com qualquer comércio que dispõe de um valor x para comprar produtos direto do fornecedor, e esses produtos são vendidos aos clientes por um preço maior para que o estabelecimento possa ser mantido.

Assim, o spread representa essa diferença de valor que o comércio, neste caso, tira para se manter e cobrir os seus custos internos.

O Brasil no ranking mundial de juros

Segundo o ranking atualizado da Trading Economics, o Brasil está em 14º lugar entre 150 países em relação às taxas de juros mais elevadas.

As altas taxas de juros no Brasil causam enormes transtornos e afetam diretamente tanto o setor público quanto o privado, e essas taxas prejudicam o investimento das empresas privadas por conta dos elevados juros nos empréstimos.

Assim, o setor público acaba tendo que se dispor de elevados gastos para suprir os juros que incidem sobre essas dívidas.

Em resposta a esse cenário, os custos das compras a prazo aumentam e as pessoas passam a comprar menos. Como consequência, as taxas de desemprego e de diminuição de rendimentos também aumentam.

Também é preciso destacar a relevância dos depósitos compulsórios feitos pelas grandes economias mundiais.

Quanto mais depósitos são realizados, menos dinheiro os bancos passam a ter para oferecer às negociações de crédito, o que torna esse tipo de operação ainda mais cara ao usuário.

É importante ressaltar que as taxas de juros têm grande influência sobre o desempenho econômico do país. É preciso estar atento a esse fator na hora de tomar decisões de compra, principalmente quando falamos de bens com valores elevados.

Agora que você já sabe os motivos pelos quais os juros no Brasil estão entre os maiores do mundo, é possível se atentar mais às finanças pessoais e evitar o pagamento de taxas tão elevadas.

Além disso, economizar dinheiro, manter bons hábitos de consumo também são formas de contribuir para que, a longo prazo, os juros cobrados diminuam para os consumidores.

Esse conteúdo foi interessante para você? Deixe o seu comentário abaixo e vamos conversar mais sobre o assunto!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Seu bem-estar financeiro

Receba os artigos
do blog no
seu e-mail.



    Anúncio Blog - Acordo Certo