Consulte grátis seu score de crédito

O que é INSS? Como Calcular Online?

O Instituto Nacional do Seguro Social cuida da aposentadoria e outros benefícios. Use a nossa calculadora e veja o desconto do INSS no salário.

O que é INSS? Como Calcular Online?

Está em busca de um seguro que te protege de situações inesperadas, como acidentes e doenças e ainda te garante a aposentadoria? Então você precisa saber mais sobre o INSS!  

Este órgão tão importante para a vida de milhões de brasileiros faz a gestão da aposentadoria e de muitos outros benefícios sociais.  

Este post está bem completo e vai te ensinar quem pode ter acesso ao INSS, quais são os benefícios garantidos, como fazer o cálculo e muitos outros detalhes. Ah, e não deixe de aproveitar a nossa calculador online, onde você pode calcular o desconto do INSS no seu salário. Siga a leitura! 

O que é o INSS?

Fundado no ano de 1990, o INSS, ou Instituto Nacional do Seguro Social, é um órgão federal que fica responsável por fazer a gestão e os pagamentos de benefícios como aposentadoria, seguro-desemprego, auxílio-doença e outros. 

Qual o papel do INSS? 

O papel do INSS é recolher o valor mensal de contribuição ao INSS e garantir que os trabalhadores recebam os devidos cuidados, benefícios e pagamentos.  

Ou seja, no final, é ele que garante que você irá receber as parcelas da sua pensão, aposentadoria, salário maternidade e outros! Muito importante, é?  

Como Funciona

Para entender como funciona, você precisa saber que é o INSS que rege como vai funcionar e como serão executados os direitos dos beneficiários o Regime Geral da Previdência Social (RGPS) do nosso país, juntamente do Ministério da Previdência e Assistência Social.  

Se você ficou em dúvida sobre o que é o Regime Geral da Previdência Social, pode ficar tranquilo que já te explicamos: ele é como se fosse um seguro que protege o trabalhador de várias situações, como doenças e acidentes, além de garantir a aposentadoria e a pensão. 

CONSULTE SEU SCORE GRÁTIS

Quais os benefícios?

Podemos dividir os principais benefícios do INSS em:  

  • Aposentadorias: por deficiência, tempo de contribuição, idade rural e urbana, invalidez e outras 
  • Auxílios: auxílio-acidente, doença, reclusão rural e urbano e outros 
  • Benefícios assistenciais: oferecido à pessoa com deficiência e ao trabalhador portuário  
  • Pensões: por morte rural ou urbana, ou especiais por síndrome da talidomida, crianças com Síndrome Congênita do Zika Vírus ou hanseníase 
  • Salário maternidade: também conhecido como salário maternidade urbano, licença maternidade, auxilio maternidade, é este benefício que permite os trabalhadores de se afastarem do emprego devido o nascimento do filho ou por adoção. 
  • Salário família: este é um benefício para os trabalhadores que tem filhos até 14 anos e que possuem carteira de trabalho (CLT) assinada. 

Quem tem acesso à previdência? 

No geral, todos os trabalhadores acima dos 16 anos e que possuem a CLT (carteira de trabalho) assinada, já tem acesso automático a previdência, ou seja, são segurados obrigatórios. São eles: 

  • Trabalhadores que estão empregados e com carteira assinada 
  • Trabalhadores domésticos 
  • Trabalhadores avulsos (prestadores de serviços rurais ou urbanos, sem vínculo em empresas) 
  • Contribuintes individuais, como empresários e autônomos 
  • E contribuintes especiais, como trabalhadores rurais em regime de economia familiar 

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Por que é descontado INSS do salário?

O valor é descontado diretamente na folha de pagamento do profissional porque a empresa ou empregador precisa repassar à previdência social os dados e informações sobre seus colaboradores, por isso já aproveita e faz este desconto também.  

Qual a alíquota do INSS 2022?  

Criamos uma tabela para te ajudar a conferir quais são as alíquotas aplicadas no cálculo do seu INSS. Assim, você consegue entender melhor como é feito o cálculo do seu salário. Confira! 

SALÁRIO ALIQUOTA 
Até R$1.212,00 Desconto de 7,50% 
De R$1.212,01 até R$2.427,35 Desconto de 9% 
De R$2.427,36 até R$3.641,03 Desconto de 12% 
De R$3.641,04 até R$7.087,22 Desconto de 12% 

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Como Calcular o Desconto do INSS no seu salário

O cálculo do INSS é sempre atualizado, para ficar de acordo com a inflação e sempre justo para o bolso dos trabalhadores brasileiros.  

Até 2019, o cálculo era mais simples e tinha um percentual fixo de desconto, mas a partir de 2020 ele foi atualizado e se tornou mais complexo, entretanto, a quantia descontada do seu salário se tornou menor, pois ele leva em consideração o valor do salário do trabalhador. 

Deu nó na cabeça? Calma que vamos explicamos melhor! 

Vamos ao exemplo: 

Se o seu salário for R$2.500,0, a fórmula para calcular será esta daqui:   

Faixa salarial 1 x 7,5% + (Faixa salarial 2 – Faixa salarial 1) x 9% + (salário bruto – faixa salarial 2) x 12% 

Ou seja… 

R$1.212,00 x 7,5% = R$90,90  

+ (R$2.427,35 – R$1.212,01) = R$1.215,34 x 9% = R$ 109,38 

+ (R$2.500,00 – R$2.427,36) = R$72,64 x 12% = R$ 8,71 

TOTAL:R$ 90,90 + R$109,38 + R$ 8,71 = R$ 208,99 ou R$209. 

Acima, te apresentamos um exemplo mais complexo, mas também mais completo. Agora vamos para um formato mais simples:  

Você pode usar a seguinte formula junto com a tabela abaixo:  

SALÁRIO x ALÍQUOTA% – Parcela a deduzir 

Se o seu salário vai de… Até… Sua alíquota será E a parcela a deduzir do INSS será de… 
 R$1.212,00  7,5% – 
R$1.212,01 R$2.427,35  9% R$18,18 
R$2.427,36 R$3.641,03  12% R$ 91,00 
R$3.641,04 até R$7.087,22  14% R$ 163,82 

Que tal alguns exemplos neste formato mais simples? Aqui vai: 

Exemplo 1:  

O seu salário é de R$2.200,00, então você precisa usar a alíquota 9% e reduzir R$18,18,00 do valor. 

Logo, ficará assim: R$2.220,00 x 9% = 198,00.  

R$198,00 – R$18,18 = R$179,82 de desconto do INSS. 

Exemplo 2: 

O seu salário é de R$3.000,00, então você precisa usar a alíquota de 12% e reduzir 91,00 do valor. 

Logo, ficará assim: R$3.000 x 12% = R$360 

R$360 – R$91 = R$269 de desconto do INSS. 

Prefere algo mais prático e fazer o cálculo com a ajuda da nossa calculadora? Então está na mão! 👇

Calculadora de INSS

Alíquota
0%
Valor
R$ 0,00

Tipos de contribuição ao INSS 

Atualmente, existem dois tipos principais de contribuição ao INSS: a facultativa (quando o trabalhador não é obrigado a contribuir), e a obrigatória (quando o trabalhador contribui automaticamente, ou seja, é obrigado).  

Veja mais detalhes delas abaixo:  

Contribuição obrigatória

Se você for uma pessoa empregada atualmente, então sua contribuição ao INSS é obrigatória e automática. Mesmo que sua atividade remunerada seja com vínculo empregatício (carteira assinada) ou não, você tem obrigadão de contribuir.  

Contribuição facultativa

Este tipo de contribuição ao INSS é opcional, ou seja, se você é uma pessoa que não está empregada e que não contribui automaticamente com a previdência social, é possível mesmo assim fazer sua contribuição mensal.   

Para isso, é necessário ter pelo menos 16 anos e: 

  • Estar desempregado 
  • Ser uma pessoa do lar, como donas de casa 
  • Estagiários 

Logo, se você está entre estas pessoas que querem ter uma segurança em casos de acidentes ou doenças, você pode sim iniciar sua contribuição facultativa. Para começar, é preciso escolher o plano normal ou simplificado e depois emitir as guias de pagamento do INSS. Clique aqui para saber mais.  

NEGOCIE SUAS DÍVIDAS

Tipos de segurados do INSS 

Existem alguns tipos de segurados, mas tem duas categorias principais: os segurados obrigatórios e os facultativos. Conheça mais sobre eles:  

Segurados obrigatórios

Os segurados obrigatórios são aqueles que já falamos aqui no post, mas não custa nada reforçar: são aqueles que possuem um trabalho, seja com carteira assinada ou não. Eles são: 

Segurados especiais

Os segurados especiais são aqueles garantem a sua própria subsistência ou de sua família, tanto de forma individual quanto em forma de economia familiar.  

São eles:  proprietário de terrenos, usufrutuário, assentado, parceiro, meeiro outorgando, entre outros.  

Como contribuir com o INSS?

Existem algumas formas de contribuir com o INSS. Como você viu, a forma mais conhecida é aquela obrigatória e automática, quando os trabalhadores já têm este valor cobrado em seus próprios salários.  

Entretanto, existem outras formas de contribuir. Veja:  

Empregado e trabalhador avulso

Os trabalhadores avulsos são aqueles operadores portuários, ou que prestam atividades de movimentações de mercadorias, ou fazem carga e descarga, ou guindasteiros, entre outros. Ou seja, são aqueles que oferecem mão de obra auxiliar para movimentar ou manipular mercadorias ou cargas.  

Para que estes trabalhadores contribuam com o INSS, eles precisam estar registrados em um sindicado ou órgão que faz a gestão dos trabalhos, pois são estes que devem fazer os repasses a previdência social. O valor dos descontos e alíquotas é o mesmo para os trabalhadores comuns. 

NEGOCIE SUAS DÍVIDAS

MEI – Microempreendedor Individual

Se você é MEI, então será necessário pagar a contribuição do INSS através da DAS (Documento de Arrecadação Simplificado), que é um documento já obrigatório aos optantes pelo formato microempreendedor individual.  

Quando você paga a DAS do MEI, já são recolhidos automaticamente os tributos:  

  • Contribuição INSS 
  • ISS (imposto sobre serviço)  
  • ICMS (imposto sobre operações)

Contribuinte individual ou facultativo

Se você é uma pessoa que não é um contribuinte obrigatório do INSS mas mesmo assim quer ser contribuir, então é necessário se inscrever no INSS. Se em algum momento você já contribuiu, então seu caminho é um pouco mais curto, pois basta acessar o número do seu PIS ou PASEP para informar que você quer seguir contribuindo.  

Mas se você nunca contribuiu, será necessário se inscrever pelo site Meu INSS e preencher os dados cadastrais solicitados (como nome completo, data de nascimento, RG, etc.), para então começar a contribuir de forma individual ou facultativa.  

Segurado especial

O segurado especial tem uma forma diferente de contribuição: ela vem através da venda da sua produção. Ou seja, se ele vende para uma mercearia ou mercado, um percentual do que ele vendeu dele ver repassado para a previdência social. 

E não é o segurado especial que precisa repassar, e sim o seu comprador. Ou seja, se foi um mercado que comprou frutas e leite de um segurado especial, é o mercado que precisa fazer o repasse ao INSS. 

O percentual de repasse é, atualmente, 1,3%.  

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Como pagar INSS desempregado

Para seguir fazendo a contribuição mesmo estando desempregado, você terá que primeiro escolher qual a categoria você quer usar, o valor a ser pago e a alíquota. 

Se você estava empregado e já contribuía para o INSS, então você já tem o número do PIS ou NIS. Logo, basta indicar um destes números no site do Meu INSS e seguir com as instruções do site para pagamento.  

Mas se você nunca trabalho, também é possível contribuir, mas antes é necessário se inscrever através de um cadastro no site do Meu INSS também. 

Para que serve a prova de vida do INSS?

É muito importante saber o que é a prova de vida e se manter atualizado das regras, pois é através desta prova que você comprova que está vivo e que deve continuar recebendo os benefícios associados ao INSS.  

Antes, era necessário comparecer presencialmente em uma agência da CAIXA para fazer esta prova de vida, mas devido a pandemia e as ordens para fazer distanciamento social, foi necessário ajustar as regras e adequá-las ao momento atual.  

Desta forma, hoje esta prova é feita de forma automática, através de cruzamento de dados já registrados dos brasileiros, como por exemplo:  

Consultar benefícios INSS – h2 

Precisa consultar qual é a situação dos seus benefícios do INSS? Não precisa se preocupar, pois a CAIXA tem dois canais focados para isso: é possível ver através do aplicativo CAIXA Trabalhador ou então pelo atendimento eletrônico, no telefone 0800 726 0207 (digite a opção 7 para as opções relacionadas ao INSS).  

No aplicativo CAIXA Tem, você conseguirá ver o número do seu benefício, a quantidade de parcela, a situação da parcela (paga, disponível, bloqueada, etc.), calendário de pagamentos, entre outros.  

Vamos te ensinar a acessar pelo aplicativo nos passos abaixo: 

  1. 1. Baixe o aplicativo CAIXA Trabalhador na lojinha do seu celular (App Store ou Play Store) 
  1. 2. Faça login com seu acesso na CAIXA. Caso ainda não tenha login, será necessário criar um. Para isso, clique em “cadastre-se” 
  1. 3. Para você que já tem login, preencha o CPF e senha e clique em “continuar” 
  1. 4. Pronto! Agora é só clicar em “INSS” ou em algum dos outros benefícios disponíveis para consulta no aplicativo, como abono salarial ou seguro-desemprego  

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Como consultar o meu INSS pelo CPF

É bem fácil consultar seu INSS pelo número do CPF, para isso, é preciso entrar no site Meu INSS. 

Veja os passos abaixo:  

  1. 1. Clique aqui e entre no site Meu INSS 
  1. 2. Clique no botão escrito “entrar com gov.br” 
  1. 3. Depois, digite seu CPF e senha de acesso. Se este for seu primeiro acesso, será necessário completar o cadastro no site do Governo. É bem simples e é muito útil para consultar outros benefícios do Governo também 
  1. 4. Pronto! Agora é só conferir as informações sobre seu INSS, como tempo de contribuição 
  1. 5. Também é possível neste portal agendar perícia, simular aposentadoria, entre outros serviços 

2 respostas para “O que é INSS? Como Calcular Online?”

  1. Lausana Maria Silva do Nascimento disse:

    Como faço pra começar a contribuir ?

    • Renata disse:

      Olá Lausana, tudo bem?

      Se você for uma pessoa empregada atualmente, então sua contribuição ao INSS é obrigatória e automática. Mesmo que sua atividade remunerada seja com vínculo empregatício (carteira assinada) ou não, você tem obrigação de contribuir.  

      Se você é uma pessoa que não está empregada e que não contribui automaticamente com a previdência social, é possível mesmo assim fazer sua contribuição mensal. Para começar a contribuir, é preciso escolher o plano normal ou simplificado e depois emitir as guias de pagamento do INSS. Clique aqui para saber mais.  

      Conte sempre com a gente 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Seu bem-estar financeiro

Receba os artigos
do blog no
seu e-mail.

Campo Vazio
E-mail inválido

Cadastro efetutado com sucesso.

Erro no envio. Por favor, tente novamente.