Consulte seu CPF e negocie suas dívidas

Consulte já

PIX, TED e DOC: 4 Diferenças Entre as Transferências

PIX, TED e DOC: Qual a melhor opção? Qual é mais rápida? Qual tem a taxa mais barata e mais cara? Conheça todas as diferenças entre os tipos de transferências!

PIX, TED e DOC: 4 Diferenças Entre as Transferências

Quando o assunto é movimentação de dinheiro, todo mundo fica com dúvidas sobre qual a melhor forma de transferir, se é por PIX, TED ou DOC. E é sobre isso que vamos falar hoje! 

Cada um destes tipos de transferências eletrônicas tem suas vantagens e desvantagens, como a cobrança de taxas, por isso, é importante conhecer o funcionamento de cada um e entender qual é a melhor para usar no dia a dia.  

Vamos ver?  

O que é TED

A Transferência Eletrônica Disponível, ou TED, é um tipo de transferência eletrônica financeira, que pode ser feita entre duas contas bancárias e que não tem um limite de valores para transferir.  

Desenvolvida pelo Banco Central em 2002, a TED tem como objetivo movimentar dinheiro de forma rápida entre contas, pois a transferência é concluída no mesmo dia, em até 90 minutos.  

Ou seja, se você fizer um TED para alguém às 13:00h, é muito provável que até às 14:30 a pessoa já terá recebido o valor.  

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Dados para fazer um TED

Para fazer um TED, você precisará informar os seguintes dados para o seu banco:  

  • Nome completo da pessoa que irá receber o dinheiro de forma eletrônica 
  • Número de CPF ou do CNPJ também do beneficiário 
  • Dados do banco, como nome, número da agência e conta 
  • Valor da transferência

O que é DOC

O Documento de Ordem de Crédito, ou DOC, também é um tipo de transferência eletrônica bancária entre contas, que cai na conta do beneficiário em até um dia útil.  

É possível movimentar dinheiro entre contas de pessoas físicas e jurídicas, entretanto, diferente da TED, na DOC o valor máximo para transferir é R$ 4.999,99.  

Além do limite de valor, a transferência DOC também possui um limite de horário em que pode ser feita e concluída nos bancos, que é até às 21:59. Isso significa que você pode até fazer um DOC depois deste horário, mas ele irá demorar muito mais para cair, pois os bancos não concluem a operação depois das 21:59. 

Vamos ver um exemplo?  

Alex faz um DOC para o Kleber às 22:30 da quarta-feira. O horário comum para que o dinheiro caia na conta do beneficiário, neste caso o Kleber, geralmente é de até um dia útil, mas como o DOC foi feito depois das 21:59, então irá demorar mais e só irá cair na sexta-feira.  

Depois de observar esta demora, o Alex ficou mais atento. Como ele ainda precisava fazer mais um DOC para o Kleber, então ele mudou o horário: desta vez, ele fez o segundo DOC às 13:00 da segunda-feira.  

Já que o horário ainda era comercial e estava tudo certinho com a transferência, então o Kleber recebeu o dinheiro no mesmo dia, na própria segunda-feira algumas horas depois, por volta das 15:00.  

Ou seja, o horário em que o beneficiário irá receber o valor do DOC irá depender de quando o remetente do valor fizer a transferência.  

Dados necessários para fazer um DOC

Os dados para fazer um DOC são os mesmos que na transferência TED: nome completo, CPF, dados da conta bancária da pessoa que irá receber o dinheiro de forma eletrônica e por fim o valor do DOC.  

Existem bancos que também pedem para informar o tipo da conta: se é uma conta salário ou conta corrente.

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

O que é PIX

O PIX é uma forma de pagamento eletrônica instantânea desenvolvida pelo Banco Central em 2020. 

O seu objetivo é fazer movimentações financeiras de forma muito rápida, onde a pessoa, seja física ou jurídica, recebe o dinheiro em poucos segundos: sim, você recebe o dim dim em até 10 segundos! É quase mais rápido do que piscar ou espirrar, né?  

Além de ser a transferência mais rápida se comparada com TED e DOC, o PIX ainda tem outras grandes vantagens, que é não ter limites de horários. Então você pode fazer a transferência em qualquer dia da semana (incluindo sábados, domingos e feriados) e em qualquer horário (pode ser até 2 horas da manhã!). 

A única restrição que foi colocada foi o limite de valor na transferência entre os horários das 20:00 às 06:00, que é R$1.000,00. Este limite foi criado justamente para que a transferência PIX ficasse mais segura e também para que golpes, fraudes e roubos sejam evitados. 

Como fazer um PIX

Para fazer um PIX, você precisa ter uma conta em um banco ou fintech e ter uma chave PIX já cadastrada nesta conta.

A chave PIX pode ser o número do seu CPF, CNPJ, telefone, endereço de e-mail, ou ainda uma chave aleatória que é gerada diretamente pelo aplicativo do seu banco.

Por fim, para fazer seu PIX na prática, basta pegar o numero da chave PIX de uma pessoa ou empresa, e então adicionar na área PIX, juntamente do valor que irá ser transferido.

Quando você coloca a numeração da chave, o nome da pessoa que irá receber o valor deve aparecer, ainda antes da conclusão da operação, ok? Esta dica pode te ajudar a reduzir erros e não fazer PIX para pessoas erradas.

Também é possível fazer o PIX Parcelado, mas este é um tipo de empréstimo que alguns bancos oferecem. Então, se você quer fazer um PIX simples, basta seguir os passos indicados abaixo. Se existirem opções de parcelamento, confira todos os detalhes para não contratar um serviço extra do banco, ok?

Diferenças entre PIX, TED e DOC 

Uma das principais diferenças entre o PIX, TED e DOC é o tempo que a transferência é concluída: enquanto no PIX a movimentação é concluída em apenas alguns segundos, no TED e DOC pode demorar um pouco mais.  

De toda forma, todos os três exemplos são tipos de transferências bancárias eletrônicas, em que você consegue movimentar o saldo que existe na sua conta corrente.  

Confira abaixo as principais diferenças entre PIX, TED e DOC:  

 PIX TED DOC 
Quando o dinheiro cai Em poucos segundos Até as 17h No próximo dia útil 
Valores mínimos Não tem  Não tem Não tem 
Valores máximos Só tem valor máximo entre o horário das 20h às 06, que é R$1000,00 Não tem R$4.999,99 
Dados para transferir Chave PIX, que pode ser CPF, telefone, e-mail ou aleatória Nome, CPF, dados bancários Nome, CPF, dados bancários 

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Em qual operação o dinheiro cai mais rápido PIX, TED ou DOC?  

O PIX é o tipo de transferência bancária eletrônica onde o dinheiro cai mais rápido na conta do beneficiário.  

Nas transferências TED e DOC, o dinheiro pode demorar algumas horas ou até um dia inteiro para que a movimentação seja concluída.  

Como saber se o dinheiro caiu na conta após a transferência?

Se o valor da transferência PIX, TED ou DOC não voltar para a sua conta em até 1 dia útil, então significa que ela caiu na conta do beneficiário de forma correta.  

Outra forma de saber se sua transferência deu certo é a seguinte: logo após a inserir os dados e concluir, irá aparecer na sua tela o comprovante da transferência. Este comprovante também te garante que está tudo certo com a movimentação.  

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

Qual o valor da taxa de TED e DOC?  

O valor pode ir de zero à R$35,00 reais: tudo depende da instituição financeira que você escolher para fazer a transferência TED e DOC.  

Você irá notar também que existem diferenças nos valores de acordo com a modalidade da sua transferência: se ela for presencial ou pessoal, ela irá custar mais caro. Mas se for feita de forma eletrônica ou pela internet, então terá os valores reduzidos.  

Veja alguns exemplos de cobranças de taxas de TED e DOC nos seguintes bancos:  

BancoMeios eletrônicos ou internet Presencial ou pessoal 
Banco do Brasil R$10,45 R$21,95 
Santander R$10,65R$28,00 
BradescoR$11,05 R$21,95 
Banco Itaú S.A.R$11,10 R$20,70 
Nubank  R$0,00 R$0,00 

Veja mais taxas de bancos no site da Febraban (Federação brasileira de Bancos).

Como é calculada a tarifa do TED e DOC? 

Cada banco pode escolher qual será a tarifa cobrada para fazer as transferências TED e DOC, e a Febraban acompanha estes custos para organizar e publicar.  

É por isso que você tem bancos, principalmente os digitais e virtuais, que não cobram nada pelas transferências eletrônicas.  

Já os bancos mais tradicionais têm o costume de cobrar pelo menos R$10,00.  

Dá para cancelar o TED e DOC? 

É possível cancelar TED e DOC que foram agendados: o TED pode ser cancelado até 1 dia antes da data do agendamento, já o DOC pode ser cancelado até as 18:00h do dia útil do agendamento.  

Mas se o TED e DOC já tiver acontecido e enviado, então não é possível cancelar e nem fazer alterações dos dados. 

Se o problema foi um erro nos dados, então pode ser que o próprio banco detecte a falha e então devolva o dinheiro para a conta destinatária (estorno de TED e DOC).  

A mesma regra se aplica ao PIX: muitas pessoas se perguntam se existe o estorno de PIX, entretanto, ele só existe se a pessoa que recebeu o dinheiro fizer esta devolução, ou então se tiver acontecido uma falha no sistema, fraude ou golpe.  

O PIX substituiu o TED e DOC? 

Não, o PIX não foi feito para substituir o TED e DOC, mas sim para tornar mais rápidas e baratas as movimentações entre contas.

Logo, o PIX foi desenvolvido para adicionar mais uma opção prática para as pessoas e empresas, entretanto, ele é recente e ainda está sendo melhorado, por isso não pode substituir o TED e DOC, que são movimentações já consolidadas no Brasil.

PIX, TED ou DOC: Como escolher?  

Se a sua prioridade na hora de transferir dinheiro é a rapidez, então é só escolher o PIX. 

Esta forma de transferência é a mais nova, pois tem somente 2 anos de existência, enquanto TED e DOC tem mais de 20 anos.  

Entretanto, não se engane pelo tempo de criação: o PIX é muito seguro e é uma forma de movimentar dinheiro bem rápida, ao contrário do TED e DOC. 

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

CONSULTE SEU CPF GRÁTIS

E para finalizar, aqui vai nossa dica de ouro: revise os dados bancários e sempre desconfie  

Para evitar qualquer problema com PIX, TED e DOC, nossa maior recomendação é que você faça qualquer uma destas transferências com muita atenção. 

Isso significa verificar várias vezes os dados bancários, o nome, CPF, CNPJ, valor, chave PIX e todas as informações necessárias para fazer a movimentação financeira.  

Se sempre revisar os dados, você conseguirá evitar muitos problemas relacionados a estorno de dinheiro.

Além disso, sempre desconfie de links estranhos recebidos por e-mail, WhatsApp ou mensagens, principalmente se estiverem pedindo informações bancárias ou solicitando chave PIX ou dados de TED e DOC. Não clique em nada que você achar suspeito! 

Fique de olho também em comprovantes de transações PIX, TED e DOC: pessoas mal-intencionadas podem criar comprovantes falsos para mostrar que já pagaram por um produto ou serviço, mas na verdade é apenas um golpe e o valor não foi transferido de verdade. 

Por isso, sempre que estiver aguardando o recebimento de uma transferência, aguarde o tempo indicado para que a movimentação seja feita, e se caso o valor não cair na sua conta, converse com a pessoa ou empresa que fez a transferência e informe o problema.  

0 resposta para “PIX, TED e DOC: 4 Diferenças Entre as Transferências”

  1. Helena de fatima farias dos disse:

    muito valiosa explicação sobre pix ,Doc’Ted precisamos sempre de orientação. Valeu.

    • Renata disse:

      Olá Helena, tudo bem?

      Obrigada pelo seu comentário, ficamos muito felizes em saber que as orientações do post te ajudaram!

      Conte sempre conosco.

  2. ANTONIO CARLOS GOMES DA SILVA disse:

    QUERO OBTER INFORMAÇÕES REFERENTE A DISCIPLINA FINANCEIRA.

    • Renata disse:

      Olá Antônio, tudo bem?

      Obrigada por acompanhar nosso blog! Clique aqui para ver mais posts sobre disciplina financeira.

      Também recomendamos que consulte seu CPF e faça cadastro na Acordo Certo, para receber mais informações que vão melhorar sua saúde financeira 🙂

      Conte sempre conosco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Seu bem-estar financeiro

Receba os artigos
do blog no
seu e-mail.

Campo Vazio
E-mail inválido

Cadastro efetutado com sucesso.

Erro no envio. Por favor, tente novamente.