Score de Crédito: o que é e como aumentar o seu?

5 minutos para ler

O score de crédito é um dado que tem por objetivo medir o grau de risco que uma pessoa tem de se tornar inadimplente. Recentemente, essa informação começou a ser divulgada, gerando muitas dúvidas nos consumidores.

Mas, afinal, o que significa esse termo e qual a sua real função? Neste artigo, vamos responder a essa pergunta, bem como mostrar como aumentar o seu. Acompanhe!

O que é score de crédito?

Basicamente, é uma pontuação atribuída a cada indivíduo que mostra a probabilidade de ele se tornar inadimplente em uma operação de crédito ou de concessão de serviços em que os pagamentos são feitos mensalmente.

Por meio dele, as operadoras, lojas e prestadores de serviços consultam o seu histórico de crédito, refletidos na pontuação do score. Em outras palavras, atualmente, um CPF sem restrições não é suficiente para que uma empresa ceda um crédito ou serviço.

Como mencionamos, o score de crédito é uma espécie de pontuação recebida. Ele é atribuído tomando como base as operações de pagamentos ocorridas dentro de um período de 12 meses.

O sistema utiliza as informações públicas que são divulgadas por bancos, instituições financeiras e demais empresas que trabalham com crédito. A pontuação pode variar entre 0 a 1.000, sendo a classificação do risco atribuída da seguinte forma:

  • de 0 a 300 pontos é considerado um consumidor com alto risco de inadimplência;
  • 301 a 700 pontos pode ser indicador de um risco moderado;
  • acima de 701 até 1.000 estão classificados aqueles com baixíssimo risco de inadimplência.

Entendido o que é score de crédito bem como a forma que classifica e atribui a sua pontuação, vamos mostrar qual é a importância de ter uma boa numeração. Continue lendo!

Qual é a importância do score de crédito?

O score já é uma realidade para a maioria dos brasileiros que desejam pegar empréstimos, fazer financiamentos ou realizar algum contrato de execução ou concessão de serviços.

Ou seja, as empresas estão utilizando essa informação para decidir se vão ou não fazer negócios com você — e isso já é motivo suficiente para que você queira ter uma boa pontuação. Imagine se você precisa de um empréstimo com urgência e, mesmo sem nenhuma restrição, não consegue porque o seu score é baixo?

Seria frustrante e prejudicial à realização dos seus objetivos. Por isso é importante que você consulte o seu score e siga as dicas que vamos passar no próximo tópico para conseguir aumentar a sua pontuação.

Como aumentar o meu score de crédito?

1. Limpe o seu nome

Ter um CPF livre de restrições é o primeiro passo para aumentar o seu score de crédito — afinal, esse é o principal elemento para que você tenha acesso às linhas disponíveis e serviços que podem ser contratados.

Você pode consultar se tem alguma dívida com os credores parceiros da Acordo Certo e fazer um acordo online pelo site clicando aqui.

2. Mantenha seus dados atualizados na base da Serasa

Essa dica é bem simples, mas é extremamente eficiente para aumentar o seu score. Mantenha informações como idade, endereço, telefone e local de trabalho sempre atualizados. Dessa forma, o sistema entenderá que seus dados são confiáveis e atribuirá uma pontuação melhor ao seu CPF.

3. Faça o Cadastro Positivo

O Cadastro Positivo é um sistema que armazena informações importantes para uma empresa na hora de conceder crédito. Portanto, também influencia positivamente no cálculo do seu score de crédito.

Esse cadastro pode ser realizado facilmente no site da Serasa, no mesmo local de consulta da sua numeração de pontuação.

4. Pague suas contas em dia

Como mencionamos, o sistema que calcula a pontuação faz um comparativo de todos os pagamentos que você efetuou ao longo de 12 meses. Assim, se você pagou todas as suas contas em dia, ele atribuirá um score maior ao seu perfil.

Portanto, faça o possível para sempre honrar com os compromissos financeiros assumidos — principalmente aqueles que são pagos por boletos registrados, faturas ou demais cobranças recorrentes. De preferência, coloque tudo no débito automático em seu banco.

Dessa forma, você não corre o risco de esquecer e acabar sendo prejudicado com uma pontuação baixa.

5. Pague dívidas que já caducaram

Muita gente confunde a prescrição de dívidas com extinção. O fato de ter decorrido o prazo de 5 anos e o seu débito ter saído dos serviços de proteção ao crédito não significa que ele deixou de existir.

Portanto, ao deixar uma dívida como essa caducar (saiba mais sobre quanto tempo leva para caducar uma dívida no nosso post sobre o assunto) , você pode prejudicar o seu score de crédito, uma vez que o sistema entenderá que ela ainda está em aberto. Além disso, mesmo após esse prazo, o seu credor poderá cobrar o valor novamente e colocar o seu CPF em restrição.

Também devemos considerar que uma dívida que fica por muito tempo em aberto pode ficar bem mais cara e ainda aumenta o risco de o credor acionar a justiça para receber determinados valores. Nesses casos, a conciliação é o melhor caminho. Fazendo isso você se livra de pagar juros altos e ainda contribui para melhorar a sua pontuação.

Você pode consultar se tem alguma dívida com os credores parceiros da Acordo Certo e fazer um acordo online pelo site clicando aqui.

Gostou? Então compartilhe com seus amigos e familiares!

Posts relacionados

2 thoughts on “Score de Crédito: o que é e como aumentar o seu?

Deixe uma resposta